Boa Noite ! Hoje é Quarta feira, 20 de Setembro de 2017.
 
Fique por dentro de nosso conteúdo em sua caixa de e-mail:
 




 
EUA e Geopolítica
21/09/2012
Um novo ataque islamista, um novo recuo ocidental
A única maneira de interromper o ciclo de violência islamista é se os governos mantiverem-se firmes aos princípios de liberdade de expressão.
 
13/09/2012
Com vocês, o Super-Obama do New York Times
Não precisa dizer mais nada: Romney, providencie imediatamente um estoque de Kryptonita.
 
09/08/2012
Um Presidente Mórmon?
O que esperar de um presidente americano Mórmon?
 
12/07/2012
O Securitygate não desaparecerá
Os vazamentos de informações sobre as ações antiterror do governo Obama são um escândalo pior do que Watergate.
 
05/07/2012
Livro alerta: hegemonia do Google ameaça democracia no mundo
Google: influencia nociva sobre o comportamento dos internautas, na política e na disseminação de agendas ideológicas.
 
19/06/2012
Dois, três, muitos Obamas
Há um Barack Obama autêntico, ou tudo gira em torno de fantasia e dissimulação?
 
24/05/2012
Foi o poder, estúpido!
Todo o histórico da administração Barack Obama e seus seguidores demonstra apenas uma coisa: os fins justificam os meios para se chegar ao poder, e o que era condenável no governo Bush agora é irrelevante.
 
26/04/2012
Campanha das Queixas
Em 2008, um praticamente desconhecido Barack Obama concorreu à presidência com uma agenda inclusiva cujo lema era “esperança e mudança”.
 
23/03/2012
Ironias sírias
Quanto mais Bashar Assad provocar carnificinas entre os dissidentes sírios, mais a comunidade internacional irá se revoltar – enquanto pouco faz para impedir o derramamento de sangue. Por quê?
 
15/03/2012
Impressões de West Point
Os cadetes de West Point constituem, depois da origem dos Estados Unidos, a elite do exército americano: é preciso conhecer esses jovens, homens e mulheres que amanhã vão lutar pela América e, certamente, além de suas fronteiras.
 
02/03/2012
O modelo líbio a não ser seguido
É uma coisa boa que Muamar Kadafi se foi, mesmo que por meios bárbaros. Então o que podemos aprender com a desgraça de 2011, dado que alguns estão defendendo o mesmo tipo de ação contra a Síria e o Irã? Resposta: não muito.
 
07/02/2012
Fidelidade e a Presidência
Os meios de comunicação parecem obcecados com a série de casos do jovem Newt Gingrich no século passado.
 
18/01/2012
Schumpeter na Casa Branca
Economista austríaco, refugiado nos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial e professor em Havard, Schumpeter deixou para trás a memória de colecionador de mulheres e uma expressão que resume sua obra: “Destruição criativa”.
 
29/12/2011
Teerã: fator imprevisível no jogo da reeleição de Obama
Ofim formal da guerra dos Estados Unidos no Iraque em 15/12/2011 aumentou a importância do papel do vizinho Irã, que se tornou um grande e imprevisível fator na eleição presidencial americana em 2012.
 
22/12/2011
Pearl Harbor: Considerações 70 anos depois
Por que o Japão atacou os Estados Unidos há 70 anos [7/12/1941], além das usualmente citadas razões existenciais e do fato de que acharam que poderiam ficar impunes?
 
22/11/2011
A fúria está na moda, de novo…
Ocupe Wall Street? Tenho acompanhado os protestos da turma “Ocupe Wall Street”, em Nova York e em outros lugares. Também li a respeito de certo interesse do Partido Democrata em transformar a raiva de uns poucos numa espécie de Tea Party esquerdista para muitos.
 
20/09/2011
Um discurso mofado
Obama deve estar numa dobra do tempo — será que ele acha que o conteúdo de seu discurso ao Congresso [08/09/2011] é algo novo, ou que pode passar por novo pelos simples uso de uma modulação de voz mais alta e mais ritmada?
 
11/09/2011
11 de Setembro: 10 anos
Há 10 anos, ocorriam os ataques terroristas que provocaram mudanças na ordem internacional.
 
08/09/2011
Os milionários estão desaparecendo
Em 2007, 390 mil pessoas informaram em sua declaração de Imposto de Renda [federal] nos EUA uma renda bruta corrigida acima de US$1 milhão e pagaram US$309 bilhões em impostos. Em 2009, apenas 237 mil declarações eram do mesmo nível de renda, um declínio de 39 por cento.
 
25/08/2011
O Lula deles
"Ofato de que estamos aqui hoje para debater o aumento do limite da dívida americana é um sinal de fracasso das nossas lideranças. É um sinal de que o governo dos Estados Unidos não pode pagar suas próprias contas. É um sinal de que agora dependemos da assistência financeira de países estrangeiros para financiar as políticas fiscais irresponsáveis do nosso governo.... O aumento do limite da dívida da América nos enfraquece nacional e internacionalmente.
 
23/08/2011
Uma tecnocracia cambaleante
Estamos testemunhando uma ampla crise de fé em nossos guardiões progressistas [esquerdistas] dos últimos trinta anos. Eles formam a fina flor da elite certificada pelas melhores universidades, empregada pelas melhores universidades, pelo governo, pelas grandes fundações privadas e companhias de serviços financeiros.
 
19/08/2011
A liberação da reserva de petróleo estratégica era a melhor saída para abaixar o preço da gasolina?
No dia 23 de junho o governo Obama, em conjunto com outros governos, anunciou um plano para liberar um total de 60 milhões de barris de petróleo das reservas estratégicas dos Estados Unidos e de outros países, a uma taxa de 2 milhões de barris por dia durante 30 dias.
 
28/07/2011
A loucura global da justiça social distributiva
Seja nas acirradas disputas sobre o teto da dívida pública dos Estados Unidos ou nos distúrbios de rua em Atenas, o tema global não é a pobreza em termos absolutos, mas com muito mais frequência, a justiça social distributiva — entendida como ter mais ou menos a mesma quantidade de coisas que outros têm.
 
16/05/2011
Estrategistas do dia seguinte
Acumularam-se na mídia internacional, ao longo desta semana, análises segundo as quais, na execução de Bin Laden, os Estados Unidos atuaram de modo totalmente irregular. "Escândalo! Os ianques foram lá e mataram o sujeito dentro de casa!" Pois é. Fizeram isso mesmo.
 
03/05/2011
O fracasso pode ser opcional
Perdida em meio ao furor sobre o orçamento federal está qualquer séria discussão sobre o fato de que, depois de certo ponto, pagamentos “redistributivos” podem estar tornando as coisas ainda piores para aqueles que os recebem.
 
31/03/2011
A questão-chave na Líbia
David Kirkpatrick, o chefe da sucursal no Cairo do The Times, escreveu um artigo da Líbia na semana passada que apresentou  a questão-chave, não só sobre a Líbia, mas também sobre todas as novas revoluções que estão surgindo no mundo árabe: "A  questão que paira sobre a revolta líbia, desde o momento em que o primeiro comandante de tanque desertou, para se unir a  seus primos protestando nas ruas de Benghazi é se a batalha na Líbia é a luta de um ditador brutal contra uma oposição  democrática ou  simplesmente uma guerra civil tribal?".
 
29/03/2011
Os poderes da EPA: Semana decisiva no Senado americano. Os Democratas enfrentam a hora da verdade
Em editorial do dia 28.03.2011, o Wall Street Journal informa que o debate sobre os poderes da EPA (Agência Ambiental Americana) chegam ao Senado nesta semana, em meio aos arranjos de uma coalizão bipartidária para diminuir os abusos da agência.
 
23/03/2011
Os EUA deveriam intervir na Líbia?
Há muitos bons argumentos a favor da imposição de uma zona de exclusão aérea na Líbia. Sem os ataques aéreos do governo líbio, os rebeldes podem ter uma chance maior de estabelecer zonas de resistência permanentes.
 
05/03/2011
Por que o reinado do dólar está perto do fim?
Em artigo publicado dia 02.03.2011 no Wall Street Journal, como parte de uma série sobre o mercado de câmbio, o Dr. Barry Eichengreen, professor de economia e ciência política na Universidade da Califórnia (Berkeley) e autor do livro “Exorbitant Privilege: The Rise and Fall of the Dollar and the Future of the International Monetary System” [Privilégio Exorbitante: Ascensão e Queda do Dólar e o Futuro do Sistema Monetário Internacional] analisa o que se apresenta como o fim da hegemonia do dólar como moeda de reserva internacional e como padrão para cotações de bens e serviços em transações de comércio internacional.
 
01/03/2011
Dois pesos, duas medidas e uma mídia imbecil
O Egito está agora – e mais uma vez - sob uma ditadura militar, com poucas esperanças de verdadeiras reformas democráticas ou de direito humanos.
 
1 2 3 4 5 6



Redação: Paulo Zamboni
AmbientalismoAmérica LatinaBrasilCulturaEconomiaEntrevistasEUA e GeopolíticaEuropaMídia em FocoOriente MédioPolíticaSegurança Pública
Artigos IndicadosCLIPPING@MAISEspecialLiteraturaResenhas
Home Editorial Faq Fale Conosco


Canais:
 
MÍDIA A MAIS © COPYRIGHT 2013, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS