Bom dia ! Hoje é Sexta Feira, 24 de Março de 2017.
 
Fique por dentro de nosso conteúdo em sua caixa de e-mail:
 




 
Economia
24/10/2011
Quando o verde é arauto do atraso
Émuito dura a vida de quem pretende iniciar ou ampliar um negócio no Brasil. Qualquer um que pretenda erguer um simples condomínio de apartamentos, explorar uma mina em propriedade privada, construir uma pequena usina hidrelétrica ou uma nova fábrica terá que encarar, além da intrincada legislação ambiental, as onipotentes e intransigentes agências reguladoras, com autoridade suficiente para embargar quaisquer novos projetos considerados "nocivos ao meio ambiente".
 
13/10/2011
Previsão é incerta, especialmente quando se trata do futuro
Quando os tempos são instáveis, os experts e profetas proliferam: climatologistas e, principalmente, economistas ou pretensos especialistas. Sobre o clima? A aparição súbita de um gigantesco buraco na camada de ozônio acima do Polo Norte, fato que surpreendeu todos os climatologistas.
 
04/10/2011
Uma crise dentro da Democracia
Não existe economia sem crise, mas a crise presente nas economias ocidentais, que entra em seu quarto ano, é sem precedentes recentes. Ela deixa os comentaristas sem voz, os economistas perplexos e os governos à beira da histeria.
 
23/09/2011
Cultura estatizante
Qualquer crise econômica é dolorosa. Mas as crises, nas economias capitalistas, são também repositórios de oportunidades. Em tempos de crise, mercados se fecham e mercados se abrem.
 
19/09/2011
O tamanho ideal do governo
Os programas de governo com gastos exorbitantes e as novas regulações adotadas por muitos países em todo o mundo em resposta à crise econômica de 2008 chamaram a atenção novamente para o papel do governo na economia.
 
17/08/2011
O "Zeitgeist" Keynesiano
Os alemães utilizam o termo "Zeitgeist" para descrever o clima cultural, intelectual, ético ou político de um lugar em uma determinada época. Numa tradução livre, seria a mentalidade, o "espírito de uma época". Pois bem, nada poderia refletir melhor o "Zeitgeist" econômico atual do que a gangorra que tomou conta dos mercados ultimamente.
 
05/08/2011
Desonerar as empresas
Oimpostômetro da Associação Comercial de São Paulo  registra, de forma contínua, a arrecadação dos impostos, taxas e contribuições pagos pelos contribuintes, empresas  e  cidadãos para o governo federal, os estados e os municípios.
 
02/08/2011
Cadê a carta dos empresários?
Asituação para o empreendedor no Brasil está chegando a um ponto de desespero. Impostos altos, sonegação campeando –  e com a conivência da máquina arrecadadora, punindo os honestos. A informalidade ainda é preocupante  – já foi pior, é verdade, mas...  E, no agronegócio, o terrorismo dos "movimentos sociais" e a legislação enlouquecedora.
 
21/07/2011
Do Finsocial ao sped PIS/COFINS
No início da década de oitenta, diante da catástrofe que atingiu Santa Catarina, o governo federal  criou o Finsocial, por meio do DL 1940/82.  Em princípio, aquela nova contribuição social tinha por objetivo  atender, em caráter emergencial e provisório, a população castigada por fortes chuvas. Nada mais justo, naquele momento,  diante da tragédia social, numa época em que as chuvas e deslizamentos não eram comuns.
 
09/07/2011
Estatização a todo vapor
Não percebe quem não quer. No jogo capitalista, não tem lugar para ingenuidade ou inocência. Os bancos, os grandes grupos, as entidades de classe já sabem que as parcerias serão feitas para captar o dinheiro da poupança privada e liberar financiamentos do BNDES, que acabará sócio dos projetos.
 
05/06/2011
Homenagem sinistra
Em 2007 foi oficialmente instituído o dia 25 de maio como o Dia Nacional do Contribuinte.  O critério utilizado pelo legislador, quando apontou a referida data, foi por considerar que em 2007, dentre os 364 dias do ano, os contribuintes dedicaram 145 dias de seu trabalho exclusivamente para pagar impostos.
 
08/02/2011
O bom governo em poucas palavras
Sempre gostei de aforismos. Encanta-me a capacidade de certas pessoas para, em poucas palavras, transmitir mensagens para as quais eu precisaria de algumas laudas.
 
11/01/2011
Cornucopianos vs. malthusianos
Paul Krugman publicou, no final do ano passado, um artigo no The New York Times, intitulado “O Mundo Finito”, o qual foi reproduzido por alguns jornais brasileiros, entre eles O Globo e O Estado de São Paulo. Baseado no recente aumento dos preços de algumas commodities no mercado internacional, Krugman vaticinou que, por vivermos num mundo cada vez mais escasso de recursos naturais, precisaremos “mudar gradualmente a maneira como vivemos, adaptando nossa economia e nossos estilos de vida à realidade”. Tal afirmativa resume, com clareza ímpar, o mantra preservacionista.
 
05/01/2011
Finalmente o cadastro positivo
No último dia como presidente, Luiz Inácio Lula da Silva  vetou, com base em parecer do Ministério da Justiça,  o Projeto de Lei PLS 263/2003, aprovado em novembro pelo Senado,  de autoria do ex-senador Rodolfo Tourinho, que permitia a criação do Cadastro  Positivo, desde que autorizado pelo consumidor, segundo emenda introduzida pela Câmara dos Deputados. Concomitante ao veto, o ex-presidente editou a Medida Provisória  518/2010, publicada no DOU  de 31 de dezembro último, tratando do mesmo assunto e estabelecendo normas mais detalhadas para a criação e funcionamento do Cadastro Positivo, que depende agora de regulamentação a ser baixada pelo Executivo.
 
25/11/2010
Entendendo os tributos
Elaborada pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná, a cartilha A sombra do Imposto explica os detalhes sobre a carga tributária nacional e ajuda a conhecer alternativas para melhor gerenciar e reduzir os tributos.
 
24/11/2010
O G20 discute o perfunctório e esquece o essencial: o padrão ouro
As discussões dos países integrantes do G20 em Seul em torno da “guerra cambial” — situação em que todos tentam desvalorizar as suas moedas para estimular as vendas internacionais — eram esperadas. A surpresa ficou por conta da utopia de que a tal “guerra” possa ser resolvida diplomaticamente.
 
13/11/2010
Nada a esperar em Seul
OG20 não é uma solução. Sua principal qualidade é existir. É útil que os líderes de economias dominantes se encontrem e façam acordos. Essa grande missa anual, embora dispendiosa para os contribuintes do país anfitrião, permite aos governos perceberem fisicamente como todos somos independentes. O próprio fato de se reunirem os obriga a falar uma só língua, a do realismo econômico, e a dominar o vocabulário do mercado.
 
12/11/2010
Em torno da economia informal
Recente pesquisa da Fundação Getúlio Vargas calcula que o movimento da economia informal no Brasil, também conhecida como economia subterrânea ou paralela, atingiu o patamar de R$ 600 bilhões no ano de 2009.
 
20/10/2010
A questão cambial: enxugando gelo
Ainda bem que as pessoas não saem por aí desafiando a lei da gravidade, tal qual insistem em pôr à prova a velha lei econômica da oferta e da demanda. Fico imaginando indivíduos usando as janelas dos edifícios, no lugar das escadas e dos elevadores, ou saltando de aviões em pleno voo.  Seria uma catástrofe, sem dúvida.
 
25/09/2010
Petrobras: um dilema que nada tem de difícil
Para compreender a lógica da operação de capitalização da Petrobras é necessário entender que o controle desse bilionário grupo petrolífero, independentemente da sua atual participação acionária, sempre foi exercido pela União Federal. Isto acontece porque a União pertence a um bloco de acionistas cujos diretores, todos eles, são nomeados pelo presidente e ministros.
 
22/09/2010
O (sub)desenvolvimento não se improvisa
Adam Smith, considerado o pai da moderna economia, deu à sua mais famosa obra, ainda em pleno século 18, o nome de Uma investigação sobre a Natureza e as Causas da Riqueza das Nações.  Dono de uma mente brilhante, não perdeu seu precioso tempo investigando as causas da pobreza das nações. Sabia que esta não tem causas, pois é o estado natural do ser humano e, consequentemente, das nações.
 
17/09/2010
Bolsa-empresário
Jamais pensei assistir a tamanho descalabro. Doze associações empresariais publicaram recentemente, nos principais jornais do país, um manifesto de apoio à política de financiamentos subsidiados adotada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. De quebra, o presidente da FIESP, em entrevista ao Jornal Valor, disse que o Brasil precisaria não de um, mas de três BNDES, além de fechar as fronteiras às importações “por um tempo”.
 
29/08/2010
Um jogo em que todos perdem
Sempre que se usa a expressão "Custo Brasil", a maioria das pessoas logo pensa no valor dos nossos impostos ou na enorme quantidade de tributos simultaneamente cobrados de todas as empresas em atividade no Brasil. Este é um dos maiores obstáculos à competitividade dos produtos brasileiros quando comparados aos produzidos no resto do mundo. Nosso sistema tributário onera demasiadamente a atividade produtiva, exatamente porque é complexo e tem por base a cobrança de muitos tributos – fator que, ao final, torna a administração e a compreensão da quantidade de impostos mais preocupante do que o próprio valor cobrado.
 
27/08/2010
Déficit de propostas na crise
Na Europa Ocidental – a velha Europa, como a chamou o ex-secretário da Defesa dos Estados Unidos, Donald Rumsfeld – a maioria dos governos se encontra em dificuldades. A nova coligação na Grã-Bretanha pode ser – até agora – a exceção. Os níveis de popularidade dos líderes dos principais países-membros da União Europeia – como Nicolas Sarkozy na França, Silvio Berlusconi na Itália, Angela Merkel na Alemanha e José Luís Rodriguez Zapatero na Espanha – pairam em volta dos 25% ou pior.
 
01/08/2010
Desconstruindo o cipoal tributário
Quando o atual sistema tributário entrou em vigor, em meados dos anos 60, a economia  brasileira vivia outra realidade. A indústria automobilística estava apenas em seu  começo e ainda não existíamos para o mundo. Nossa economia  tinha base no mercado interno e as exportações limitavam-se ao café e alguns poucos produtos.
 
30/07/2010
Ouro Verde
A explosão da plataforma da British Petroleum no Golfo do México foi uma tragédia.  Além da perda de vidas, milhares de barris de óleo cru vazaram durante meses do fundo do mar, trazendo impactos ambientais tremendos.  A BP é responsável, sem dúvida alguma, por prejuízos ainda incalculáveis, que demandarão anos e bilhões de dólares para sanar.
 
16/07/2010
Importar é bom
Se o leitor prestar atenção, os palpites dos analistas econômicos nos levam a imaginar, com raríssimas exceções, que a atividade comercial é vantajosa somente para o vendedor ou exportador, enquanto compradores e importadores seriam suas eternas vítimas.  Por trás do velho sentimento protecionista-nacionalista está a famigerada visão mercantilista que considera a atividade de consumo como se fosse algo menos desejável, em termos econômicos, do que a produção.
 
03/07/2010
Contribuinte é sempre refém
OCongresso Nacional, utilizando o mesmo argumento de urgência que justificou para o atendimento de requisito constitucional da edição da MP 449, convertida na Lei nº 11.941 de 27/05/2009 – que instituiu a Transação Tributária intitulada Refis da Crise –aprovou a lei que cria  o Refis da Crise II - "O Retorno", promulgada no dia 11 de junho após sanção presidencial.
 
20/06/2010
Tributar os ricos penaliza mais os pobres
Éfamosa no anedotário econômico a história de dois indivíduos, um social-democrata e outro liberal clássico, discutindo sobre economia, em que o primeiro, querendo mostrar as vantagens do distributivismo, afirma que em seu país estavam conseguindo eliminar os últimos ricos. Já o liberal, com certa ironia, responde: “... já em meu país estamos acabando com os últimos pobres”.
 
18/06/2010
O conflito é muito mais amplo
Nestes dias estamos atônitos com a disputa entre a BP e o governo dos Estados Unidos. Esse é um conflito familiar – entre uma empresa multinacional tentando obter lucros e o governo tentando regular a empresa e torná-la responsável.  Mas esse conflito é realmente uma disputa familiar. Ela ocorre em meio a um conflito muito maior, e neste conflito maior tanto BP como o governo dos EUA estão no mesmo time.
 
1 2 3 4



Redação: Paulo Zamboni
AmbientalismoAmérica LatinaBrasilCulturaEconomiaEntrevistasEUA e GeopolíticaEuropaMídia em FocoOriente MédioPolíticaSegurança Pública
Artigos IndicadosCLIPPING@MAISEspecialLiteraturaResenhas
Home Editorial Faq Fale Conosco


Canais:
 
MÍDIA A MAIS © COPYRIGHT 2013, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS