Boa Tarde ! Hoje é Domingo, 23 de Abril de 2017.
 
Fique por dentro de nosso conteúdo em sua caixa de e-mail:
 




 
Cultura
01/04/2011
Referências em livros e filmes para compreender o cinema
Aqui vai uma pequena lista de indicações essenciais para todos que gostam de cinema e querem compreender um pouco melhor os filmes e a indústria do cinema.
 
19/03/2011
Faça sua própria crítica de cinema
Por que depender da opinião dos outros para saber o que você deve achar do filme que acabou de ver?
 
11/03/2011
Juízes britânicos e sua inquisição ateísta
No dia 28.02, foi dado mais um aperto no parafuso da inquisição secular contra cristãos. Num julgamento grotesco, dois juízes da Alta Corte mantiveram o afastamento de um casal do sistema de foster homes[1] e simplesmente porque o casal tem a visão cristã tradicional acerca do homossexualismo.
 
26/02/2011
Imprensa brasileira é pautada por Bruna Surfistinha
Não é preciso nenhuma grande conspiração globalista para pautar os jornais brasileiros. A tarefa é tão descomplicada que até Bruna Surfistinha, a ex-acompanhante que virou escritora, pode facilmente dar conta do recado.
 
17/02/2011
Socializando prejuízos: mobilização por causa ruim leva à inevitável situação “perde-perde” no caso Belas Artes
Aridícula mobilização em torno do tombamento do cinema Belas Artes, em São Paulo, atingiu o habitual resultado esperado sempre que esquerdistas se unem para, incomodados com a realidade, tentar transformá-la em alguma outra coisa mais de seu agrado.
 
05/02/2011
A difícil arte de ser Caetano Veloso
Somente Caetano Veloso poderia dizer o que diz e ser levado a sério. É possível horrorizar-se com uma declaração sua, e no minuto seguinte bater palmas. A favor e contra ninguém e nada ao mesmo tempo, Caetano é o mil e uma utilidades da cultura popular brasileira. 
 
22/01/2011
O circo do cinema Belas Artes
Os artigos contra o tombamento do cine Belas Artes publicados no M@M tem gerado comentários recorrentes nos espaços de leitor desse site, muitas vezes despertando em alguns defensores incontidos anseios socialistas, no mais das vezes travestidos de interpretações pessoais das leis vigentes ou nem isso. Por se tratarem de espécimes do pensamento dos defensores, responderemos a alguns deles como artigo, para exemplificar um tipo de argumentação comum presente nesse pequeno debate.
 
17/01/2011
A crise dos trabalhadores em educação
Houve um tempo, longo tempo, tempo que cruza os séculos, em que o professor era símbolo de autoridade no pequeno e gigantesco espaço da sala de aula. Note-se que autoridade é um atributo moralmente superior ao poder, mas, quando fosse necessário, a valiosa autoridade do professor, fundada no saber e na conduta, vinha respaldada por poder. Nas últimas quatro décadas, infelizmente, a educação brasileira foi atacada em dois flancos pela esquerda delirante. E tanto a autoridade quanto o valor econômico e social do trabalho dos professores, reconhecidos há milênios em todas as civilizações, desabaram fragorosamente em nosso país.
 
15/01/2011
A turminha do Belas Artes e o socialismo de Kassab
A mobilização contra o “fechamento” do Cinema Belas Artes (na verdade, muito mais uma transferência de local, porque seu dono certamente encontrará outro prédio para prosseguir suas atividades), em São Paulo, é patética olhada de qualquer ponto de vista.
 
07/01/2011
Petismos linguísticos e a atual dirigenta
O Partido dos Trabalhadores se formou tendo como uma de suas obsessões a “igualdade de gênero” - que não chega a ser grande novidade no mercado das ideologias e tampouco é criação petista. Dia virá em que o partido cogitará  a adição ao seu nome de “e das Trabalhadoras”.
 
04/01/2011
Um conto de fadas anticomunista
Corra antes que acabe: há um antídoto passageiro para a febre petista-consumista que assola o Brasil na virada de ano: a co-produção europeia “O Concerto”, um conto de fadas moderno, ingênuo, rocambolesco e irresistível.
 
29/12/2010
Entrevista de Daniel Pipes ao Citizen Times: “Não se pode combater o fundamentalismo islâmico com ideias vindas da Europa”
Citizen Times: Sr. Pipes, o senhor está à frente de diversas organizações que dizem respeito ao Oriente Médio e ao Islã, e é um dos escritores americanos mais reconhecidos neste assunto. Como tudo isso começou?
 
25/12/2010
Marx e seu legado de horrores
No momento em que escrevo estas notas, o Produto Interno Bruto brasileiro está sendo avaliado em mais R$ 3 trilhões (à margem o que se opera na sábia economia paralela), 38% dos quais vão diretamente para os cofres do governo e são torrados, em sua quase totalidade, em grossos salários e aposentadorias, propaganda, subsídios e patrocínios, viagens incessantes locais e internacionais, verbas de representação, festas, almoços, jantares, manutenção e custeio da amplíssima máquina burocrática, propinas, doações a fundo perdido, além de mordomias múltiplas – para não falar nas bilionárias e permanentes falcatruas das agências, bancos, ministérios e institutos oficiais.
 
19/12/2010
Marx contra Proudhon
Depois da publicação de “O que é a propriedade?”, sabe-se, Marx tentou aliciar Proudhon, por carta, convidando-o a integrar a corriola do Comitê Comunista de Correspondência, base da futura Liga Comunista (sediada em Bruxelas). Mas na carta, em que pese elogiar Proudhon, o “Doutor do Terror Vermelho” não consegue disfarçar o caráter virulento e ataca um discípulo deste, Karl Grun (inventor de mais um tipo de socialismo – o “socialismo verdadeiro”), a quem considera um tipo suspeito. Proudhon não apenas recusa o convite, como defende Grun e adverte Marx quanto ao caráter violento e nocivo do seu dogma revolucionário.
 
11/12/2010
Marx e a picaretagem iluminada
Com o materialismo histórico a tiracolo, Marx se propunha não só a exercer alguma influência sobre os destinos do mundo, mas transformá-lo – o que em sua linguagem revolucionária significava, antes, destruí-lo. Desse modo, tal como partiu anteriormente para liquidar com a filosofia, Marx atirou-se contra o mundo da economia burguesa, com ênfase na demolição da propriedade privada e do sistema capitalista de produção.
 
04/12/2010
Marx e a mais-valia
Oque é a mais-valia marxista, fundamentalmente baseada na teoria do valor-trabalho de Ricardo? O próprio Marx, através de caminhos tortuosos, constrói um arrazoado explicativo no Capítulo XII do volume I de “O Capital” (Abril Cultural, SP, 1963):
 
28/11/2010
Direitos humanos?
No Brasil, atualmente, temos um cenário bastante inusitado no que diz respeito à questão dos direitos humanos, pois os seus defensores partem de algo que consideram como sendo um princípio, o de que a propriedade privada é apenas um direito relativo, um direito que deveria ser contemplado por uma suposta função social. Isto seria equivalente a dizer que a propriedade privada é algo somente tolerado, quando não um mal que deveria ser controlado.
 
27/11/2010
Ainda Marx e o pensamento dos outros
Vamos adiante: como a dialética hegeliana é um poço sem fundo, pois nela nada “é” e tudo vive em permanente transformação, Marx encampou com entusiasmo frenético o esquema de Hegel, mas encontrou, de início, um forte obstáculo. Se ele queria, no testemunho algo ingênuo do simpatizante Annenkov, “suplantar Deus” – como aceitar tal entidade quando se tratava justo de dinamitá-la?
 
20/11/2010
Marx e o pensamento dos outros
A  expressão “pensamento filosófico de Marx” há muito vem sendo encarada como uma contradição em termos. Para significativa corrente do pensar filosófico, o marxismo não passa de uma filodoxia, e o seu criador, não  propriamente um filósofo em busca da verdade, mas mero filódoxo, na expressão de Kant (1724-1804), um sujeito que enfrenta os problemas de natureza filosófica sem nenhuma intenção real de resolvê-los.
 
19/11/2010
Pequeno Dicionário Mídia@Mais de Termos e Expressões Esquerdistas (Ampliado)
OMídia@Mais tem o imenso prazer de lançar, com muito bom humor, a segunda versão do novíssimo  Pequeno Dicionário Mídia@Mais de Termos e Expressões Esquerdistas. É um trabalho em andamento, uma tarefa ao mesmo tempo nobre e divertida: é preciso entender o que eles falam; é preciso rir do que eles falam.
 
17/11/2010
O partido alemão Die Freiheit junta-se à discussão
Um novo partido político alemão, Die Freiheit (A Liberdade), teve seu encontro inaugural no dia 28 de outubro em Berlim. Eu estava na cidade, e sua liderança me convidou a ser o único não membro do partido nascente a testemunhar e relatar sobre a fundação de sua assembleia constituinte.
 
06/11/2010
A revolução permanente da França
A França tem uma longa tradição de ocupar as ruas como uma resposta irracional a reformas econômicas. Em 1848, quando um governo democraticamente eleito tentou conter a inflação monetária, o nascente Partido Socialista ergueu barricadas em Paris.
 
26/10/2010
Geert Wilders: próximo da absolvição
Sempre houve uma razão para se esperar que o processo criminal contra Geert Wilders, o influente político holandês acusado de “discurso de ódio” devido a sua visão negativa do Islã, fracassaria. Isso porque os promotores encarregados da acusação contra ele nunca tiveram o desejo de fazê-la.
 
24/10/2010
Setentinha de Pelé
Sábado agora, 23 de outubro, Pelé completou 70 anos. É uma vida que se faz eterna e extraordinária, num cenário de dimensão planetária.
 
21/10/2010
Duas décadas das Regras-Rushdie
De um romance de Salman Rushdie, publicado em 1989, a um protesto civil americano chamado “Todos desenhem o dia de Maomé” em 2010, um padrão familiar evoluiu. Começa quando ocidentais dizem ou fazem algo crítico ao Islã. Os islamistas respondem com indignação e palavrões, exigindo retratações, com ameaças de processos judiciais e ameaças e uso real de violência. De sua parte, os ocidentais gaguejam e hesitam, falam meias verdades e finalmente se dobram. Ao longo do caminho, cada controvérsia instiga um debate sobre a questão da liberdade de expressão.
 
17/10/2010
Tais quais seres humanos
Encerrou-se de modo totalmente exitoso o processo de salvamento dos  trabalhadores soterrados na Mina de São José, no deserto chileno do Atacama. Durante os 17 primeiros dias ficaram sem comunicação com a superfície. Quando esta foi estabelecida e chegou o bilhete anunciando que estavam todos bem, o mundo se emocionou, os sinos repicaram no Chile e uma imagem de São Lourenço, rodeada de 32 bandeiras chilenas e uma boliviana, foi instalada num altar no Pátio dos Canhões do Palácio de La Moneda.
 
16/10/2010
O círculo completo do Capitão Nascimento
Depois de assistir à “Tropa de Elite 2”, saí do cinema querendo que 2014 chegue logo, para que eu possa votar no Deputado Fraga presente no filme. Ele, um político esquerdista cujo apelido é Che Guevara, é o verdadeiro herói, o verdadeiro Capitão Nascimento.
 
10/10/2010
Os filhos da Folha
Todo mundo é filho de alguém, mas, na Era Lula, alguns são mais filhos de alguém do que os outros. Que o digam Lulinha, Cláudio Martins, Israel Guerra, nossas dezenas de Ronaldinhos Gaúchos...
 
18/09/2010
A mais nova commodity britânica: Carnificina islamista
A maior e mais longa investigação em curso sobre terrorismo da Grã-Bretanha terminou mês passado com a condenação de três muçulmanos britânicos. Seu plano de 2006 envolvia explodir aviões de companhias transatlânticas na esperança de matar até 10.000 pessoas. Este quase desastre oferece um lembrete pungente do perigo global apresentado pelo Islã radical baseado no Reino Unido.
 
14/09/2010
5x Favela - o cinema do engodo
Se o badalado Cacá Diegues (como considerava Luiz Sérgio Person, autor do clássico “São Paulo S/A”) é, sem sombra de dúvida, um “cineasta sem um só fotograma de talento”, cuja filmografia percorre vasta escala de filmes ruins ou artificiais – o mesmo não se pode dizer dos seus incontáveis méritos enquanto especialista na renhida arte de sacar dinheiro público para produzir cinema. 
 
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11



Redação: Paulo Zamboni
AmbientalismoAmérica LatinaBrasilCulturaEconomiaEntrevistasEUA e GeopolíticaEuropaMídia em FocoOriente MédioPolíticaSegurança Pública
Artigos IndicadosCLIPPING@MAISEspecialLiteraturaResenhas
Home Editorial Faq Fale Conosco


Canais:
 
MÍDIA A MAIS © COPYRIGHT 2013, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS