Boa Noite ! Hoje é Quinta Feira, 25 de Maio de 2017.
 
Fique por dentro de nosso conteúdo em sua caixa de e-mail:
 




 
Brasil
09/10/2010
Manobras do governo totalitário
Com a possível ascensão de Dilma Rousseff à presidência da República neste segundo turno, ainda indefinido, mas tendo como certa a conquista da maioria parlamentar, pelo atual governo, nas duas Casas do Congresso Nacional, a pergunta que se torna obrigatória é a seguinte: quanto tempo vai levar para que se estabeleça no Brasil, sem disfarces, a prolongada ditadura da esquerda - radical ou não?                      
 
08/10/2010
Não é só isso
Embora seja um tema polêmico e muito importante, o aborto não é o único ponto que deveria estar sendo levantado para questionar as posições da candidata petista e de seu partido.
 
07/10/2010
A importância de Tiririca
Foi preciso que 1 milhão e 300 mil tontos votassem em Tiririca para que, mais uma vez, uma verdade incômoda ficasse clara: é impossível que o Brasil continue obrigando que pessoas desinformadas, despreparadas e mal intencionadas compareçam às urnas e, por escárnio, desprezo pelos semelhantes ou simples burrice, façam na urna o que teriam vergonha de fazer em casa, na frente da própria família.
 
06/10/2010
Invasões: herança maldita do PT
Se dependesse do PT, a ética do esforço individual e do mérito estariam a sete palmos sob a terra. Essa é talvez a pior herança deixada por esse partido, se é lícito chamar um movimento de massas organizado de partido.
 
04/10/2010
Quando um poder supera o outro
Parece muito estranho precisar lembrar aos desafortunados cidadãos brasileiros que só existirá democracia quando houver um Estado de Direito baseado na convivência soberana e independente dos Poderes Executivo, Judiciário e Legislativo. Ou seja, só haverá  um governo a serviço do povo, se o Poder Executivo não mandar no Poder Judiciário e no Poder Legislativo, deixando que estes exerçam suas obrigações exclusivamente subordinados às diretrizes estabelecidas na Constituição Federal.
 
02/10/2010
Vandré, 75
Ao completar 75 anos, o extraordinário compositor Geraldo Vandré (nascido em 12/09/1935, em João Pessoa-PB) concedeu entrevista ao “Dossiê Globo News”, programa do canal pago das organizações Globo que vem se especializando em futricar, na base do sensacionalismo disfarçado, a vida de celebridades e falsas celebridades do cafarnaum nacional.
 
01/10/2010
"Foda-se o sigilo bancário", diz o velhinho maluco (e sustentado por nós) do teatro brasileiro
Existem petistas que minimizam a quebra de sigilo bancário; outros, que negam o envolvimento do partido com o crime; e os tradicionais jornalistas alimentados por verba pública que dão a desculpa de que isso acontece o tempo todo. Mas José Celso Martinez Corrêa, o lamentável fanfarrão do teatro paulista, é certamente a primeira pessoa a admitir que a quebra do sigilo é uma coisa boa e que deveria acontecer mais vezes.
 
27/09/2010
Puxando o Brasil para baixo
"A qualidade das instituições permanece pobremente situada em 93º lugar (entre as 139 nações estudadas), com limitada confiança nos políticos e no império da lei" (Relatório 2010/2011 do Word Economic Forum sobre competitividade global). Apropósito das instituições nacionais - aí vou eu novamente - o relatório, que vale a pena ser lido no site do WEF (http://www.weforum.org/en/index.htm), afirma o que transcrevi acima. E muito mais. Na sequência, não por acaso, aponta o desastre da educação brasileira: nosso ensino primário ocupa a posição 107/139 e o ensino superior a posição 97/139. Por que digo "não por acaso"? Porque, malgrado tão deplorável situação, a grande maioria dos nossos professores considera que formar para a cidadania seja o objeto central de sua profissão. Mas os dados e os fatos os contradizem: eles não estão conseguindo fazer o que devem nem alcançando o que anunciadamente almejam.
 
24/09/2010
Um sopro de resistência – mas ainda assim, resistência
Enquanto o PT agilizava seus preparativos para transformar o Brasil numa nova Venezuela, e nem escondia isso, a oposição continuava, e em grande parte ainda continua, com a mesmice de um discurso burocratizado e sem apelo, como se fosse suficiente contrapor de forma velada a eficiência administrativa e honestidade do principal candidato oposicionista aos desmandos petistas.
 
20/09/2010
O pobre
Quando o sistema político utilizado na eleição do chefe do governo cede espaço à irracionalidade, emergem imediatamente seus péssimos efeitos. Rebato mais uma vez as mesmas teclas para produzir a velha frase: eleição direta de governante é uma coisa insensata.
 
19/09/2010
Uma nova oposição
Aesta altura dos acontecimentos, com a provável derrota do candidato José Serra ao cargo de presidente da República, ainda que com a possibilidade de um eventual segundo turno, já é hora de se considerar a formação de um verdadeiro partido de oposição política no Brasil, para fazer frente ao regime totalitário que se pretende implantar com a eleição da terrorista Dilma Rousseff.
 
16/09/2010
Era possível esperar outra coisa?
Ao contrário das incontáveis sandices proferidas ao longo destes quase oito anos de governo, as recentes palavras do Presidente Lula – no dia 7 de Setembro, em rede nacional, atacando o principal candidato da oposição, como se fosse ele, Lula, o candidato governista, e agora durante comício em Santa Catarina, investindo em termos autoritários contra um dos principais partidos da oposição - se inserem num contexto de gravidade inédita,  superior àquela existente durante o escândalo do mensalão, quando o Presidente da República  não tinha argumento melhor diante do mar de lama  do que um “todo mundo faz isso”.
 
15/09/2010
Lulla, a nossa reserva moral...
Aconselho a quem ainda perde tempo tentando entender o Sr. Lula através de leituras e análises da tal ciência política, que não perca tempo. Debruce-se, apenas, sobre o conhecido personagem Odorico Paraguaçu. - Eduardo Afonso Bacelar Quando nada mais parece surpreender no panorama político brasileiro, sempre surge algo inusitado. De uns tempos a esta parte, o mágico do absurdo tem sido aquele de quem deveríamos esperar, pelo menos, um mínimo de respeito pelo país, pela população e pelas instituições.
 
11/09/2010
Brasileiro próspero da Era Lula finalmente encontra um papel no mundo: o de bobo
A vulgaridade e a ausência de valores como princípios de vida se alastram dia a dia como um vírus pela sociedade brasileira. Certamente inspirados pelos exemplos que vêm "de cima", cada vez mais brasileiros - ricos e pobres - transformam o hábito de dar vexame numa nova categoria de arte (tipicamente nacional). Exemplos não faltam entre nossas tão faladas celebridades, que agora tratam de exportar sua crônica falta de senso civilizatório.
 
10/09/2010
Nossa luta é uma luta de morte
Quem hoje ouve o discurso do PSDB atacando o banditismo petista tem a impressão sonolenta de que nada daquilo é assim tão novo, e nada tão preocupante.
 
07/09/2010
Lançamento de livro de Percival Puggina
Livro do jornalista e colunista do MÍDIA@MAIS Percival Puggina analisa como funciona a "cadeia alimentar" da política. Num momento de extrema gravidade na política brasileira, o livro de Puggina é leitura obrigatória.
 
03/09/2010
O teatro do estádio paulista para a Copa
Uma vergonha de proporções e consequências ainda imprevisíveis, a escolha do estádio para abertura da Copa do Mundo na cidade de São Paulo revela um estilo muito particular de confundir o que é público e o que é privado, os interesses da sociedade e aqueles de um pequeno grupo de influência.
 
02/09/2010
Ser oposição
As dificuldades da candidatura Serra expõem um problema de monta relativo ao que se entende por oposição e a como essa deve ser exercida.
 
01/09/2010
Confessando o crime
A entrevista da candidata governista ao Jornal da Globo trouxe uma confissão aterradora, mas que parece ter passado em branco para quase todos:  que o governo brasileiro acoberta traficantes de drogas e sequestradores.
 
31/08/2010
Ainda não é claro qual o modelo?
Há um vídeo circulando pela internet, relativamente recente, provavelmente em algum encontro do Foro de São Paulo ou Foro Social Mundial. Lula e Dilma fazem parte do vídeo mas não se sabe se o evento é o mesmo. O risco de tratar desse assunto e ser incompreendido é sempre grande. Como o brasileiro comum não tem conhecimento do que seja uma conspiração política, o tema perde a devida importância; normalmente é entendido na chave errada, como simples defesa de interesses e que, afinal de contas, todos devem fazer o mesmo. Mas uma oposição política tem o dever de saber.
 
28/08/2010
Brasileiro ao natural
Anos atrás, dois diplomatas brasileiros entraram num bar da Rua da Palma, em Assunção, capital do Paraguai, paraíso do contrabando oficializado. Os funcionários do Itamaraty, bem vestidos e escovados, uma vez no bar, dirigiram-se ao balconista e pediram água mineral. Enquanto esperavam atendimento, iniciaram uma animada prosa na língua mater.
 
24/08/2010
Eleições e a Síndrome de Rhett Butler
Éalgo cômico, e ao mesmo tempo triste, tentar acompanhar a campanha eleitoral para presidente deste ano. Assim, sempre que a realidade fica parecida demais com um filme ruim, é hora de voltarmos aos filmes que prestam.
 
22/08/2010
No país das bolsas
Não nos restam mais do que vagos e deficientes indícios de democracia. Para identificá-los já se requer, inclusive, uma certa capacitação técnica. É necessário saber onde procurar. E é preciso usar, como fazem os peritos, os elementos de contraste que permitem discernir traços do que praticamente desapareceu.
 
15/08/2010
"Eu não gosto de política!"
Inúmeras vezes, incontáveis vezes, tenho ouvido de amigos essa frase, proferida como suma expressão de bom gosto e de elevada sensibilidade moral e estética. É como se estivessem acrescentando: prefiro Thomas Morus, prefiro Chopin, prefiro os pintores impressionistas.
 
14/08/2010
Lula, “Faixa de Gaza” e Fidel Castro
 No Brasil, quando o cidadão imagina que já viu de tudo, sempre aparece mais uma. Está circulando pela internet um vídeo extraordinário, que anda fazendo furor. Ele foi distribuído por um blogueiro do Rio de Janeiro chamado Ricardo Gama. 
 
09/08/2010
Ao fim e ao cabo...
Não é de meu hábito travar por falta de palavras. Mas quando tento identificar o que tenha feito Lula ungir Dilma Rousseff como sua sucessora, entro em dispnéia vocabular. Fico que nem ela perante o mais trivial dos conceitos. Não sei o que levou o presidente a tal desatino. Se lhe foi dado escolher, por que escolheu assim?
 
07/08/2010
Um país de escravos
"Todos os países desenvolvidos, que têm sistema de bem-estar social, têm carga tributária bem mais elevada, em cerca de 50% do PIB. Do outro lado, há países mais pobres na América Latina, no Caribe e na África, cuja carga tributária é bem baixa, inferior a 15%. Resultado: eles não têm recursos para adotar políticas sociais e o Estado é praticamente inexistente. O Brasil está numa posição intermediária: em 2009, a carga tributária foi de 34%. A arrecadação nesse patamar é decisiva para que o Estado possa atuar para reduzir as desigualdades sociais, fazer os investimentos necessários em Educação, Saúde, Segurança e atacar as deficiências de infraestrutura."
 
02/08/2010
Olhar de Peter Sellers
Tenho me lembrado muito de Peter Sellers. O inglês era perito em simular a dissimulação. Nas suas trapalhadas, tipo derrubar uma pilha de pratos ou entornar um aquário no decote de honorável e corpulenta madame, assumia um olhar de quem acaba de chegar, abduzido, sem a menor ideia sobre o que seja prato, aquário ou decote. É o que tenho observado por aqui.
 
29/07/2010
A tolerância dos moderados
Era bem antiga a minha curiosidade sobre como os grupos radicais da CNBB conseguiam dar trânsito às suas estapafúrdias propostas e fazer com que elas venham a público sob as bênçãos da entidade, para serem acolhidas como se representassem a posição da Igreja. Essa curiosidade ressurgiu quando eu soube que a CNBB acolhera e dera curso à Campanha Nacional pelo Limite da Propriedade da Terra.
 
28/07/2010
Trem-Bala ou "Trem-Mala"?
O Brasil tem uma antiga tradição de superfaturamento de obras públicas e de projetos de reduzida utilidade para a sociedade, cujo objetivo principal parece ser o de proporcionar oportunidades de polpudos ganhos para as partes neles envolvidas. Para não sair do Rio de Janeiro, as primeiras têm um exemplo didático na infraestrutura erguida a toque de caixa (e com poucas licitações e controles) para os Jogos Panamericanos de 2007, e os segundos, na faraônica, desnecessária e inconclusa Cidade da Música. Agora, o candidato a campeão absoluto dessa última modalidade é o Trem de Alta Velocidade, mais conhecido como trem-bala, para efetuar a ligação Rio-São Paulo-Campinas, que o Governo Federal pretende licitar ainda este ano, entregando-o como um fato consumado ao sucessor do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
 
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20



Redação: Paulo Zamboni
AmbientalismoAmérica LatinaBrasilCulturaEconomiaEntrevistasEUA e GeopolíticaEuropaMídia em FocoOriente MédioPolíticaSegurança Pública
Artigos IndicadosCLIPPING@MAISEspecialLiteraturaResenhas
Home Editorial Faq Fale Conosco


Canais:
 
MÍDIA A MAIS © COPYRIGHT 2013, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS