Boa Tarde ! Hoje é Quinta Feira, 17 de Agosto de 2017.
 
Fique por dentro de nosso conteúdo em sua caixa de e-mail:
 




 
> Segurança Pública
Compartilhar
Diretor do Mackenzie defende mijões e delinquentes da Vila Madalena
20/02/2015 - Felipe Atxa
Chega de preconceito com quem "mija" ou fuma crack na porta da sua casa, OK?
E nem só eles: defende também os "pixos, desabusados, maconheiros e até alguns delinquentes" que, na verdade, infernizam a vida dos pagadores de IPTU do bairro da Vila Madalena, zona oeste da capital paulista.
 
O diretor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Mackenzie acha que os moradores devem "compor" com esse pessoal (aqueles que "mijam" nas portas das casas inclusos, evidentemente), porque na verdade o grande inimigo é a "especulação imobiliária". Ou traduzindo o pensamento do especialista em seu texto no Estadão (http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,momento-historico-na-vila-madalena,1636505): os proprietários de imóveis da Vila Madalena têm obrigação de colaborar com a degradação do bairro onde residem ou trabalham, porque assim o bairro não se valorizará, espantando o interesse do mercado imobiliário. E chega de preconceito com quem "mija" ou fuma crack na porta da sua casa, OK?
 
O mais assustador é que esse sujeito é alguma espécie de autoridade em urbanismo e dirige uma faculdade em instituição presbiteriana (http://pt.wikipedia.org/wiki/Universidade_Presbiteriana_Mackenzie).
 
 



 
Compartilhar

COMENTÁRIOS
INSERIR COMENTÁRIO
Nome / Apelido
E-mail (opcional)
Comentário



Redação: Paulo Zamboni
AmbientalismoAmérica LatinaBrasilCulturaEconomiaEntrevistasEUA e GeopolíticaEuropaMídia em FocoOriente MédioPolíticaSegurança Pública
Artigos IndicadosCLIPPING@MAISEspecialLiteraturaResenhas
Home Editorial Faq Fale Conosco


Canais:
 
MÍDIA A MAIS © COPYRIGHT 2013, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS