Boa Noite ! Hoje é Sexta Feira, 21 de Julho de 2017.
 
Fique por dentro de nosso conteúdo em sua caixa de e-mail:
 




 
> Política
Compartilhar
Mercenários sociais: trabalhando para o PT nas eleições
29/10/2014 - Redacao Midia@Mais
O modelo democrático brasileiro precisa ser revisto entre outros motivos pela concorrência desleal entre partidos que trabalham sozinhos e outros que além da máquina do estado são auxiliados por forças mercenárias que agem na campanha sem serem responsabilizadas por abusos cometido.
O modelo democrático brasileiro onde o destino de milhões parece totalmente decidido nos cinco segundos necessários para escolher entre dois candidatos na hora da eleição precisa ser revisto urgentemente. Um dos motivos é, também, a concorrência desleal entre partidos que trabalham sozinhos (o PSDB do derrotado Aécio, por exemplo) e outros que, além de contarem com a máquina estatal (o PT), são auxiliados por forças paralelas que podem interferir na campanha mas acabam não sendo responsabilizadas por qualquer abuso cometido.
 
 
 
 
Na reeleição de Dilma trabalharam para ela os habituais coletivos, ONGs e entidades de classe, espalhando por exemplo material sujo pelas ruas, como nas fotos que você vê.
 
​Uma cidade como São Paulo fica emporcalhada desse tipo de propaganda suja a favor do PT em toda eleição.
 
 
Como a justiça eleitoral parece indiferente ou mesmo impotente para agir em casos como esses, é urgente rever o modelo: eleições não podem continuar sendo o caso de vida e morte que são hoje para os brasileiros - partidos, políticos e até vagabundos mercenários que trabalham por trás têm poder e relevância demais.
 
 
 
 

 

 

 

 

 



 
Compartilhar

COMENTÁRIOS
INSERIR COMENTÁRIO
Nome / Apelido
E-mail (opcional)
Comentário



Redação: Paulo Zamboni
AmbientalismoAmérica LatinaBrasilCulturaEconomiaEntrevistasEUA e GeopolíticaEuropaMídia em FocoOriente MédioPolíticaSegurança Pública
Artigos IndicadosCLIPPING@MAISEspecialLiteraturaResenhas
Home Editorial Faq Fale Conosco


Canais:
 
MÍDIA A MAIS © COPYRIGHT 2013, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS