Boa Tarde ! Hoje é Segunda Feira, 26 de Junho de 2017.
 
Fique por dentro de nosso conteúdo em sua caixa de e-mail:
 




 
> Mídia em Foco
Compartilhar
Onde estão os comentaristas negros da ESPN Brasil?
17/06/2014 - Redacao Midia@Mais
A atuação dos estafetas esquerdistas da ESPN Brasil nada tem ver com a cor da pele, mas sim com o famoso "quem paga, manda".

Os comentaristas do canal esportivo resolveram sair em defesa de Dilma Rousseff e colocar a culpa do fiasco da abertura da Copa na “elite branca” que lotou o estádio: http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/jornalistas-da-empresa-americana-espn-incentivam-o-odio-racial-agridem-a-constituicao-e-transgridem-a-lei-7-716-contra-o-racismo-lei-preve-cassacao-da-licenca-com-a-palavra-o-ministerio-publico-f/.

 

Se procurarmos no site da ESPN brasileira “qual é a cor” dos jornalistas que trabalham no canal (por mais imbecil que isso possa parecer, e realmente é), encontraremos esta foto, que ilustra o “Quem somos” do canal (http://espn.uol.com.br/quemsomos)

Por menor que seja a resolução da foto, é bem difícil encontrar pessoas que não sejam “brancas” na imagem.

 

Bem, das duas, uma:

 

1-Ou o canal tem negros em seu staff, mas por algum motivo eles não estavam presentes no dia em que a foto foi tirada. Não foram avisados? Não quiseram participar?

 

2-Ou o canal não tem negros em seu staff, então o aparente juízo de valor usado por seus comentaristas brancos no caso da abertura da Copa não parece se aplicar à própria ESPN Brasil.

 

Antes que se faça qualquer confusão a respeito: evidentemente, nada nessa discussão está realmente relacionada com a “cor” de torcedores nem de jornalistas. O buraco é mais embaixo: existem jornalistas (como o próprio Reinaldo Azevedo) independentes do governo, e outros que imaginam precisar prestar algum serviço ao mesmo. Leitores de todas as cores são inteligentes e livres para perceber quem está com a razão.

 



 
Compartilhar

COMENTÁRIOS
22/06/2014
(João Nemo)

Essa gente é tão viciada em falar por chavões que dispensa completamente qualquer esforço de raciocínio. Desde que o pobre e desnorteado ex-governador Cláudio Lembo, aturdido com os ataques do PCC e num momento de insanidade temporária resolveu aparecer com a pérola da "elite branca perversa", a esquerdalha se apaixonou pela ideia. Repete a tolice a cada oportunidade que aparece. Acho que deveriam mesmo rever a composição dessa equipe de trabalho, porque se há um campo onde os nossos negros e mulatos são a elite, sem perversidade alguma, é no esporte e na música. Eles não são uma emissora de esportes? O fato é que o tal Trajano perdeu uma grande oportunidade de ficar calado, embora eu defenda o direito de todos dizerem as besteiras que quiserem. Caso contrário, este mundo seria silencioso e entediante demais.
 
21/06/2014
(Luiz Alberto Mezzomo)

Há coisas piores do que mandar a presidente para aquele lugar. Exemplo: ensinar pornografia para crianças nas escolas; Não ensinar que Machado de Assis é considerado expoente na literatura portuguesa; A lei que retira o "pátrio poder" e a xuxa como modelo desta mesma infâmia; etc...; Chamar a presidente de presidentA e modelo de modelA (a mesma xuxa)
 
INSERIR COMENTÁRIO
Nome / Apelido
E-mail (opcional)
Comentário



Redação: Paulo Zamboni
AmbientalismoAmérica LatinaBrasilCulturaEconomiaEntrevistasEUA e GeopolíticaEuropaMídia em FocoOriente MédioPolíticaSegurança Pública
Artigos IndicadosCLIPPING@MAISEspecialLiteraturaResenhas
Home Editorial Faq Fale Conosco


Canais:
 
MÍDIA A MAIS © COPYRIGHT 2013, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS