Boa Noite ! Hoje é Quarta feira, 28 de Junho de 2017.
 
Fique por dentro de nosso conteúdo em sua caixa de e-mail:
 




 
> Economia
Compartilhar
Não, isto não é um assalto: é o tributo na ligação de seu celular
- Redacao Midia@Mais
O excesso de impostos só serve para turbinar a burocracia que vampiriza atividades econômicas e aumentar o poder dos governos sobre a vida e os negócios do contribuinte.

Que o serviço prestado pelas operadoras de telefonia móvel no Brasil é ultrajante, ninguém duvida. Mas qual o papel do Estado nessa situação lamentável? Além de dificultar com burocracia o desenvolvimento do setor, a carga tributária embutida é vergonhosa: 37% em média, 10 pontos acima do segundo colocado na América Latina, a República Dominicana.

"Não vou dizer que é um assalto, mas é um absurdo", afirma Eduardo Levy, presidente do Sinditelebrasil (sindicato das operadoras), à Folha de São Paulo (http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1200496-brasileiro-paga-o-maior-tributo-por-minuto-de-ligacao-no-celular.shtml).

Além de ser muito alta, a tributação nas ligações é realizada de maneira confusa, dificultando a compreensão pelo consumidor.

“Embora as alíquotas estaduais variem de 25% a 35%, a fórmula como o imposto é calculado adiciona um acréscimo entre 33,3% e 54% do valor do serviço à conta final”, explica a reportagem.

Como se sabe, excesso de impostos e taxas só serve a uma finalidade: turbinar a burocracia que vampiriza atividades econômicas e aumentar o poder dos governos sobre a vida e os negócios de quem, no final das contas, alimenta a cadeia toda: o contribuinte. No caso dos telefones celulares, o verdadeiro “boi na linha” se chama Leviatã.

 



 
Compartilhar

COMENTÁRIOS
14/12/2012
(F.Carlos)

Isto, sem falar nas cobranças indevidas e absurdas, de difícil solução junto a essas empresas. A cada conta, um susto, uma verdadeira "caixa de pandora" mensal!

 
14/12/2012
(Conservatore)

O pior disso tudo é ter de aguentar colegas esquerdistas dizendo que não adianta nada privatizar, pois, a qualidade do serviço não melhora e ainda pagamos mais caro. O culpado como sempre são os "interesses do capital" , nunca o Leviatã.

 
INSERIR COMENTÁRIO
Nome / Apelido
E-mail (opcional)
Comentário



Redação: Paulo Zamboni
AmbientalismoAmérica LatinaBrasilCulturaEconomiaEntrevistasEUA e GeopolíticaEuropaMídia em FocoOriente MédioPolíticaSegurança Pública
Artigos IndicadosCLIPPING@MAISEspecialLiteraturaResenhas
Home Editorial Faq Fale Conosco


Canais:
 
MÍDIA A MAIS © COPYRIGHT 2013, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS