Bom dia ! Hoje é Quinta Feira, 27 de Abril de 2017.
 
Fique por dentro de nosso conteúdo em sua caixa de e-mail:
 




 
Fabricio Rebelo

Fabricio Rebelo é bacharel em direito, pesquisador em segurança pública e diretor na ONG Movimento Viva Brasil
ARTIGOS PUBLICADOS:
05/05/2015
Estelionato estatístico – as mortes que o desarmamento (não) evitou
Querer atribuir ao estatuto do desarmamento pontuais reduções de homicídio nos anos imediatamente posteriores à sua aprovação é, além de amplamente contestável, desconhecer o que está em seu próprio texto.
 
18/03/2015
Armas de Ficção Científica
A mais recente - e mirabolante - ideia para o controle de armas é digna de um filme de ficção científica.
 
04/03/2015
A pistola do Procurador Janot
Que tal se as armas de fogo também servissem para a defesa dos cidadãos comuns?
 
23/02/2015
Ao som dos trios – e dos tiros
Está mais do que na hora de separar rigidamente o criminoso do cidadão comum, ou quem mata de quem só morre.
 
09/02/2015
Tolerância zero na segurança baiana?
O combate enérgico contra o crime não significa que a polícia pode fazer o que quiser. Mas é urgente entender que está ocorrendo uma guerra entre os policiais e bandidos.
 
28/01/2015
Comércio irreal de armas
Contra a vontade da população e por meio de manobras do governo, o comércio legal de armas no país quase não existe mais, mas apesar disto a violência da criminalidade saiu de controle. Será coincidência?
 
23/01/2015
Fuzilando a diplomacia no próprio quintal
No mesmo dia em que um traficante brasileiro teve cumprida sua sentença de morte, outras 150 pessoas foram mortas no Brasil, em nossa guerra civil diária, fomentada em sua quase totalidade pela ação de criminosos.
 
08/01/2015
Luz, câmeras e mortes
Isolados em sua árdua tarefa os policias acabam se tornando mais frágeis diante de qualquer ataque, pois não há a quem se socorrerem, a não ser seus próprios colegas de farda, e isso muitas vezes é insuficiente. Os policiais de Paris vitimados no ataque dessa quarta-feira mostram isso de maneira trágica.
 
18/12/2014
A lei, as armas e os mortos
Qualquer debate em torno da eficácia do Estatuto do Desarmamento tem que considerar o número de homicídios - antes e depois da sua vigência - e o uso de armas de fogo neles.
 
16/12/2014
Substitutivo desastroso
O PL 3722/12 foi deformado de tal forma que apenas a lata do lixo pode fazer justiça ao resultado final.
 
10/12/2014
Desarmamento na Folha: devolvendo a honestidade intelectual ao louvável debate
As contradições do autor do Mapa da Violência ao defender o estatuto do desarmamento.
 
09/12/2014
EUA: novo recorde em venda de armas e nova queda de criminalidade
Qual política de regulamentação das armas é a mais adequada, a que põe o cidadão legalmente armado como aliado para a manutenção da segurança, ou a que o vê como inimigo que precisa ser desarmado?
 
26/11/2014
Resultados do Desarmamento no Brasil
Por mais que possa haver boa intenção na defesa de uma sociedade desarmada - o que já é amplamente contestável -, os dados concretos não respaldam, sequer minimamente, essa postura.
 
20/11/2014
Desarmamento - audiência contra a ideologia
Defender o estatuto do desarmamento é apenas insistir em uma ideologia de efeitos perversos, que fragiliza a sociedade e causa mais mortes de vítimas pela ação de bandidos.
 
30/10/2014
Surto de precipitação
No Brasil, um disparo em local público jamais deveria ser inicialmente compreendido como um ataque insano, mas como repetição cotidiana da assustadora ação de criminosos comuns, os efetivos responsáveis pelas estatísticas de guerra civil que acumulamos.
 
14/10/2014
Reagir ou não reagir, eis a... situação!
Segurança pública não é fórmula matemática, onde determinados fatores sempre conduzem a um mesmo resultado.
 
18/09/2014
Armas sem registro e sem crime
Até a recente decisão do STJ, bastava que uma arma de origem lícita tivesse seu registro vencido para já ser considerada uma “arma do crime”.
 
10/09/2014
Desaparecimento de advogado tem marca da impunidade
A legislação penal sobre o cumprimento de penas no Brasil precisa ser urgentemente revista. É insustentável continuar concedendo benefícios como progressões de regime, saídas temporárias e indultos de forma indiscriminada, favorecendo criminosos perigosos e reincidentes.
 
09/09/2014
Números do Unicef são alarmantes - especialmente para os adultos
A violência contra os mais jovens é alarmante e deve ser analisada e enfrentada como parte de um problema muito maior: a violência contra população em geral.
 
02/09/2014
Discurso desarmamentista tem hegemonia quebrada
Com maciço apoio popular e multiplicação de representantes do direito à legitima defesa, a chamada "espiral do silêncio", que há anos imperava em favor do discurso antiarmas, foi quebrada.
 
12/08/2014
Medo em Série
No Brasil, notícias sobre a ação de um criminoso serial só escancaram o quão indefesos estamos, fazendo-nos buscar ainda mais refúgio e, paulatinamente, abrir mão de atitudes simples do cotidiano social.
 
24/07/2014
Violência se alastra no interior
A crise na segurança pública brasileira é grave, não havendo êxito sequer na contenção das atividades criminosas nas grandes cidades, com todos os recursos que lhes são inerentes. No interior, sem estes recursos, o quadro é catastrófico, verdadeiramente desesperador.
 
02/07/2014
Política de (in)segurança pública
Enquanto o crime se expande fortemente no país, multiplicando mortos, os que poderiam enfrenta-lo se curvam a teorias de gabinete ou salas de aula, de onde saem soluções tão mirabolantes quanto ineficazes para a redução dos assassinatos.
 
06/06/2014
Desarmamento brasileiro: um fracasso incontestável
Enquanto o Brasil insistia em políticas desarmamentistas que apenas fragilizavam o cidadão, deixou de combater as atividades criminosas das quais realmente decorrem os homicídios.
 
29/05/2014
Mapear DNA de armas legais é inútil
É necessário desfazer o mito da origem legal das armas de fogo, o que pode ser conseguido já com a mera separação do armamento apreendido por tipo.
 
20/05/2014
Violência brasileira não é questão social, é criminal
Sem guerras civis, atos terroristas, ou conflitos políticos, é imprescindível que seja reconhecida a motivação criminal para a espantosa taxa de homicídios que assola o Brasil.
 
25/04/2014
Greve da Polícia Militar e desarmamento: o pesadelo da segurança pública
Nos sistemas de segurança pública mais eficientes que se conhece, o cidadão responsavelmente armado é visto como um aliado da polícia na missão de frear as ocorrências criminosas.
 
16/04/2014
Reação não é excludente de ilicitude – nem de crueldade
É necessário parar de difundir a reação, especialmente a fictícia, como justificativa para a ação de bandidos, muitas vezes antes mesmo de que eles próprios o façam, como se isso atenuasse seus crimes.
 
07/11/2013
Homicídios: novo estudo, mesma conclusão
Brasil: um dos campeões mundiais em número de assassinatos.
 
09/08/2013
Insegurança pública: erro de diagnóstico
O país paga hoje o preço por uma visão míope da segurança pública, sob a qual se implementou, há mais de uma década, uma diretriz central absolutamente equivocada para o combate à violência.
 
 



Redação: Paulo Zamboni
AmbientalismoAmérica LatinaBrasilCulturaEconomiaEntrevistasEUA e GeopolíticaEuropaMídia em FocoOriente MédioPolíticaSegurança Pública
Artigos IndicadosCLIPPING@MAISEspecialLiteraturaResenhas
Home Editorial Faq Fale Conosco


Canais:
 
MÍDIA A MAIS © COPYRIGHT 2013, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS